2014/10/22

 
 

The priest's grey nimbus in a niche where he dressed discreetly. I will not sleep here tonight. Home also I cannot go.
A voice, sweettoned and sustained, called to him from the sea. Turning the curve he waved his hand. It called again. A sleek brown head, a seal's, far out on the water, round.
Usurper.

JAMES JOYCE, Irlanda, em Ulysses, 1922


A auréola cinzenta do padre num nicho onde ele se vestia discretamente. Não quero cá dormir esta noite. Para casa também não posso ir.
Uma voz, num tom mavioso e constante, chamava-o do mar. Ao fazer a curva acenou com a mão. De novo o chamava. Uma cabeça castanha e lustrosa, de foca, surpreendente na água, redonda.
Intrusa.

2014/10/15



love is more thicker than forget
more thinner than recall
more seldom than a wave is wet
more frequent than to fail

it is most mad and  moonly
and less it shall unbe
than all the sea which only
is deeper than the sea

love is less always than to win
less never than alive
less bigger than the least begin
less littler than forgive

it is most sane and sunny
and more it cannot die
than all the sky which only
is higher than the sky

E. E. CUMMINGS, U.S.A. 1939


o amor é mais mais denso que esquecer
mais mais fino que relembrar
mais raro que uma onda se molhar
mais frequente que falhar

é doidíssimo e enluarado
e menos não será
que todo o mar que só
é mais fundo que o mar

o amor é menos sempre que ganhar
menos nunca que viver
menos maior que o mínimo começar
menos menor que perdoar

é sensatíssimo e ensolarado
ore frequent than to faile mais não poderá morrer
que todo o céu que só
é mais alto que o céudom than a wave is wetmore frequent than to fail it is most mad and moonlyand less it shall unbethan all the sea which on

2014/10/09


Depuis que j'écris ces pages, je me dis qu'il y a un moyen, justement, de lutter contre l'oubli. C'est d'aller dans certaines zones de Paris où vous n'êtes pas retourné depuis trente, quarante ans et d'y rester un après-midi, comme si vous faisiez le guet. Peut-être celles et ceux dont vous vous demandez ce qu'ils sont devenus surgiront au coin d'une rue, ou dans l'allée d'un parc, ou sortiront de l'un des immeubles qui bordent ces impasses désertes que l'on nomme "square" ou "villa". Ils vivent de leur vie secrète, et cela n'est possible pour eux que dans des endroits silencieux, loin du centre.

PATRICK MODIANO, França,
em L'Herbe des Nuits, 2012


Enquanto escrevo estas páginas, digo comigo que há justamente uma maneira de lutar contra o esquecimento. É ir a certas zonas de Paris onde não vamos há trinta ou quarenta anos e ficar lá uma tarde, como se fizéssemos a ronda. Pensamos no que será feito de algumas e de alguns e talvez eles surjam na esquina de uma rua, na alameda de um parque, ou saiam de um dos prédios que ladeiam esses becos desertos a que chamam "square" ou "villa". Vivem pela sua vida secreta e para eles isso não é possível senão nos lugares silenciosos, longe do centro.