2011/12/24

Miranda. I am your wife, if you will marry me;
If not, I'll die your maid. To be your fellow
You may deny me; but I'll be your servant,
Whether you will or no.
Ferdinand. My mistress, dearest,
And I thus humble ever.
Miranda. My husband then?
Ferdinand. Ay, with a heart as willing
As bondage e'er of freedom. Here's my hand.
Miranda. And mine, with my heart in't; and now
farewell
Till half an hour hence.
Ferdinand. A thousand thousand!
Exeunt [Ferdinand and Miranda in different directions]

WILLIAM SHAKESPEARE, U.K.,
in "The Tempest", 1611


Miranda. Sou vossa mulher, se comigo casardes;
Se não, por vós morrerei donzela. Para ser vossa igual
Podeis recusar-me; mas vossa serva serei,
Queirais ou não.
Ferdinand. Senhora minha, a mais querida,
Sempre assim vos servirei.
Miranda. Meu marido então?
Ferdinand. Sim, com coração mais desejoso
Que servidão jamais de alcançar a liberdade. Tomai minha mão.
Miranda. E a minha, com meu coração nela; agora
adeus
Até daqui a meia hora.
Ferdinand. Que fossem mil!
Exeunt. [Ferdinand e Miranda em direcções opostas].

No comments: